Cachoeira virará capital do Licor

Após 3 anos de tentativas, finalmente Cachoeira receberá o seu Festival do Licor. O primeiro festival do Brasil voltado para essa bebida não poderia acontecer em outro local, uma vez que Cachoeira é conhecida como pólo licoreiro, com sua fabricação exportada até para fora do país.

Feito de maneira artesanal, o licor de Cachoeira no entanto não apresenta garantias de procedência: existem diversos licores que se auto-intitulam de Cachoeira, mas não são da cidade. O projeto tem como finalidade estabelecer também esse selo de procedência, bem como tombar a bebida como Patrimônio Imaterial da Bahia.

Durante todo o mês de junho menus desgustação serão vendidos em diversos pontos da cidade em busca do voto pelo melhor licor de 2019 nas categorias sabores diversos e tradicional (jenipapo). Ao todo 10 fabricos estão participando do Festival, além dos 2 maiores (Roque Pinto e Arraiá do Quiabo) que assumiram o prêmio aos ganhadores.